Condições Gerais

Condições gerais de contratação

1.-Regulamentação legal aplicável ao contrato de viagem combinado.

Estas Condições Gerais estão sujeitas às disposições da Lei 21/1995, de 6 de julho, Combined Travel (BOE 7-7-1995), Lei 7/1998, de 13 de abril, sobre Condições Gerais de Contratação. (14-4-98) e Lei 26/1984, de 19 de julho, General para a Defesa dos Consumidores e Usuários (BOE 24-7-84) e outras disposições atuais.

2. Organização.

A organização técnica dessas viagens foi feita pela THE ROUTE OF CIVILISATIONS, uma marca registrada pela VIAJES POR EL MUNDO S.L., com endereço na Virgen del Socorro, 13 – 6º à direita. 03002 Alicante, Espanha, Licença de Turismo CV-m1440-A, CIF: 28700378N, que atua apenas como intermediária entre clientes de um lado, e transportadoras, hotéis, companhias aéreas e outros do outro, não podendo aceitar qualquer responsabilidade por qualquer acidente ou dano físico ou material, atrasos no ar ou no solo, irregularidades, perda ou roubo de bagagem, ou efeitos de mão, ou aceitar responsabilidades atribuíveis a condições de mau tempo, decisões governamentais, desastres naturais e outros eventos que possam ocorrer fora da controle do mesmo, e em geral, qualquer dano que ocorra ao viajante durante a viagem ou durante a realização de excursões e visitas, inclusive ou facultativas.

3. Preço, Forma de Pagamento, Registro, Reembolsos.

No ato de registro, 40% do valor da viagem deve ser depositado e nenhuma reserva firme é considerada sem esse requisito. Os restantes 60 por cento devem ser pagos pelo menos vinte dias antes da data de partida. Todos os preços indicados nesta brochura podem ser reajustados em caso de variação das taxas atuais, taxas de câmbio de moeda estrangeira, etc. Pedimos-lhe para reconfirmar os preços no momento da reserva.
Em caso de variação após a data da reserva, o viajante pode escolher entre aceitar as modificações ou estar livre de seu compromisso. e ser feito para reembolsar as quantias pagas sem qualquer direito a compensação por uma das duas partes; Se o viajante optar por aceitar, ele concorda em pagar a diferença resultante antes de iniciar a viagem.

4. Retirada do consumidor, atribuições e cancelamento da viagem.

A retirada da viagem previamente contratada resultará nos seguintes custos de cancelamento.
10% do valor total, se o cancelamento for feito 35 dias antes da partida, como despesas administrativas.
E também, nos conceitos de penalidade:
a) Se a retirada ocorrer mais de 10 dias antes da indicada para o início da viagem e menos de 15 dias, 5% do valor total.
b) De 3 a 10 dias de antecedência, 15% do seu valor.
c) Nas 48 horas anteriores ao dia indicado, 25% do seu valor.
d) A falta de apresentação na partida, sem cancelamento prévio, significará a perda de 100% do valor.
A passagem aérea corresponde a uma tarifa que não inclui qualquer reembolso ou alteração (a menos que previamente autorizado pela companhia aérea) em caso de cancelamento da viagem, uma vez que o bilhete tenha sido emitido.
O reembolso do valor para o cancelamento da viagem devido a morte ou doença grave do proprietário ou de um parente direto, só será efetivo se o seguro opcional que cobre esta eventualidade for contratado.

5. Alojamento e serviços em hotéis e cruzeiros.

Somente para oferecer a melhor operação em nossos roteiros, a alocação de serviços é exclusiva para nossos receptivos, reduzindo assim, na medida do possível, mudanças hipotéticas do mesmo no destino.
Apenas os seguintes tipos de quarto são considerados: single, double e double enabled como triple, com uma cama adicional, com a consequente redução de espaço em room ou cabin, e sem qualquer tipo de pagamento por este uso. Os quartos e cabines são sempre de categoria padrão.
Os quartos e decks são atribuídos pelo hotel ou endereço do navio, todos estão na mesma categoria, exceto suites. Em barcos a motor e cruzeiros, você pode tocar nos decks superiores, intermediários ou inferiores. Portanto, cabines / quartos adjacentes ou comunicados não são garantidos.
Os hotéis e cabines estarão disponíveis a partir das 14:00 eo dia da partida ocorrerá entre as 8:00 e as 12:00, conforme o caso. De acordo com os padrões internacionais, os quartos dos hotéis devem ser desocupados antes das 12:00 horas.
A categoria indicada nos hotéis e cruzeiros é a correspondente à homologação local do país: Luxo superior (***** superior), Lujo (*****) e Primera (****). Não é contemplado em qualquer caso, combinar categorias no mesmo programa.
Até o final do ano, tanto os navios de cruzeiro quanto os hotéis costumam organizar comemorações especiais, obrigando os passageiros a pagar um suplemento adicional, que será comunicado a eles antes da partida ou na chegada ao destino.

6. Voos.

O contrato de passageiro em uso corrente pelas companhias aéreas, quando emitido, constituirá o único contrato entre a referida empresa, por um lado, e o comprador e / ou passageiro, por outro.
Devido ao fato de que os vôos poderiam sofrer alguma alteração em seus dias operativos ou mudanças de horário, os itinerários poderiam ser afetados por alguma modificação em sua ordem, respeitando em qualquer caso os serviços indicados. Qualquer atraso em todos os vôos incluídos ou opcionais nos programas não será de responsabilidade da agência organizadora ou receptiva. Se por este motivo houver uma perda total de qualquer noite de alojamento, o valor do retorno do mesmo, segundo a categoria será: luxo superior 30 Euros pessoa / noite, luxo 24 Euros pessoa / noite, primeiros 18 Euros pessoa / noite .
A agência organizadora não é responsável pelas despesas que possam surgir devido à perda de conexões devido a atrasos nos voos.

7. Alterações.

A ROTA DAS CIVILIZAÇÕES, reserva o direito de alterar a ordem da rota, substituir qualquer um dos hotéis planejados e cruzeiros por outros de categoria similar, embora estes sejam confirmados, modificar a data e hora de partida ou, em viagens aéreas, o tipo de avião previsto, mudar qualquer cidade de segunda ordem em qualquer dos circuitos, tudo isso se necessário para uma melhor organização, ou se circunstâncias de força maior forem forçadas a fazê-lo. Da mesma forma, VIA DE CIVILIZAÇÕES reserva-se o direito de proceder ao cancelamento da viagem devido a insuficiência no número de inscrições, etc., sem que o cliente tem direito a reclamar qualquer, desde que o cancelamento é comunicado ao cliente um mínimo de dez dias de antecedência; neste caso, você não terá mais direito do que o reembolso total do valor pago; Agora, se dentro de dez dias o viajante persistir na opção de iniciar sua viagem, será considerado individualmente, variando assim as condições e o preço da viagem.
VIA DE CIVILIZAÇÕES declina qualquer responsabilidade por atrasos, avanços ou cancelamentos que ocorrem pelas companhias aéreas, bem como em casos de greve, antes ou durante a realização da viagem, comprometendo a Agência Organizadora para realizar qualquer negociações estão à sua disposição para o benefício dos passageiros afetados por este tipo de situação. Em qualquer caso, as despesas que se originam por tais razões serão exclusivamente da responsabilidade dos clientes.
Os itinerários do cruzeiro e a ordem das visitas podem ser modificados sem aviso prévio, inclusive cancelando uma segunda visita, de acordo com os critérios dos guias ou com o endereço do navio, o que não dará direito a nenhuma reclamação.
Se em caso de força maior a Agência Organizadora for obrigada a suspender qualquer saída, o cliente não terá mais direitos do que o reembolso integral dos valores pagos, sem contar neste caso, prazo de comunicação do cancelamento ao cliente.
Os postos de turismo e / ou os correspondentes estrangeiros das respectivas viagens, reservam-se o direito de modificar os serviços a serem prestados nos dias de chegada e partida, de acordo com os horários e / ou suas possíveis alterações, que por essa razão surgir
Os guias oficiais dos diferentes países, que acompanham os grupos, são os únicos responsáveis ​​pelo cumprimento e bom andamento dos itinerários finais. No caso em que qualquer um dos componentes de um grupo, por causa de seu comportamento, ea critério do guia, irá se comportar de forma adequada e com um desconforto óbvio para o resto das pessoas do grupo, o passageiro tem o direito de exigir que deixe a excursão. A única obrigação por parte da Agência Organizadora será reembolsar, se aplicável, a parte restante da viagem.
A Agência Organizadora não é responsável Se, no caso de uma convenção ou congresso específico, o hotel designado ou a categoria do hotel for alterado, obrigado pelas autoridades dos respectivos países, reembolsando apenas a diferença no último caso.
Os clientes devem reconfirmar os horários de partida de sua viagem dois ou três dias antes de sair.

8. Documentação.

Os clientes devem ter um passaporte válido, com validade mínima de 6 meses a partir da data de início da viagem, e os vistos necessários para todos os programas no exterior. Os clientes que se inscreverem nestes programas e não tiverem passaporte espanhol, também devem obter aconselhamento antes da partida se a documentação estiver em ordem. Ao registrar o passageiro é assumido nas condições legais de passaporte, visto, vacinas e outros; Qualquer problema que possa surgir neste sentido produzirá, em caso de cancelamento, os mesmos efeitos que os previstos nos cancelamentos da seção.
Organizador não assume qualquer responsabilidade se um cliente, por qualquer motivo, ele é recusada a entrada a um país, e os custos resultantes serão suportados pelo cliente, de acordo com as obrigações que o organizador tem sob contrato com terceiro partes.

9. Reclamações, Reembolsos.

Conforme as normas vigentes, se alguma anomalia ou reclamação durante a viagem a queixa correspondente deverá ser apresentado durante a duração e antes de retornar à Espanha, eo mesmo será submetido a correspondentes estrangeiros em cada país. Hotéis e navios de cruzeiro não aceitam qualquer tipo de reclamação após o término da estadia.
Todos os pedidos de reembolso devem ser encaminhados ao escritório de registro dentro de vinte dias da data final dos serviços. Nenhuma quantia será reembolsada por serviços não utilizados voluntariamente pelo viajante.
Os pedidos de reembolso serão feitos por escrito e acompanhados de uma certificação do mutuário.
É o desejo da agência organizadora para preservar a maioria dos direitos de clientes na forma prevista no artigo 5 1.1 da Constituição e das leis e ordenanças de protecção dos consumidores, submetendo em caso de qualquer reclamação à decisão do Ministério da Indústria, Departamento de Turismo, do Conselho Comunitário da Comunidade Valenciana.
O fato de inscrição para participar em qualquer das viagens programadas implica cumprimento integral e aceitação por parte do viajante, todas e cada uma das condições estabelecidas gerais, notas importantes, recomendações, valores e, geralmente, em todo o informações contidas em nossos catálogos, ofertas e website, pois fazem parte do produto final adquirido pelo cliente.
O cliente está ciente da situação política ou social adverso da alguns dos destinos propostos e as conseqüências que possam surgir, especialmente no caso de circuitos de aventura que atravessam áreas longe das habituais rotas turísticas.
Para o conhecimento de reclamações que podem ser feitas por qualquer motivo, tanto o viajante quanto a Agência Organizadora expressamente se submetem à jurisdição dos Tribunais de Alicante expressamente renunciando a qualquer outra jurisdição.

Assine nossa newsletter

Inscreva-se e você receberá notícias sobre nossas viagens

Eu li e aceito o política de Privacidade (obrigatório)

Nós nunca iremos distribuir, negociar ou vender seu endereço de e-mail. Você pode cancelar a inscrição a qualquer momento